Faça você mesmo: Como Consertar um Vazamento / Piso Quebrado

É isso mesmo. Nos rendemos a mais nova onda do momento… por que pagar se você pode fazer? Aqui em casa sempre conversamos a respeito disso. Muito antes de pensarmos sequer em nos mudar, eu já era viciada nos blogs de decoração americanos, principalmente nos projetos realizados pelos próprios donos. Sempre conversava sobre isso com o Leandro (inclusive foi dessa época que o Leandro começou a ler também os blogs de vocês), e de como eu tinha vontade de chegarmos logo na fase da decoração para podermos fazer as coisas nós mesmos, colocarmos a mão na massa. Mas aí, como já estão cansados de saber, tivemos dezenas de problemas durante a nossa obra, e tudo isso chegou ao ponto máximo quando o Leandro teve que demitir todo mundo pra podermos nos mudar, e viajar de férias.  Falamos sobre isso aqui.

Então, morando numa casa em obra, preocupados em arrumar mão-de-obra descente, sem saber o que fazer pra manter uma pessoa sozinha na nossa casa com tudo o que temos, vimos que era a hora de começarmos a colocar nosso plano em prática. Não, nunca fizemos nada parecido. Não, não tivemos aula a respeito. Sim, estamos sempre apreensivos quanto a se vai dar certo ou não. Masd munidos de muita coragem e persistência, inciamos o primeiro o projeto logo no retorno das nossas férias. 

E eis que voltamos de férias, e tinha um vazamento na nossa casa novinha. E o vazamento estava começando a afetar o nosso gesso, nem sequer terminado por sinal. E o Leandro, meu herói disse sua célebre frase: – Ninguém precisa de faculdade pra ser pedreiro. Se eles podem fazer, eu também posso!

O vazamento dava pra ser visto do lado de fora, nessa laje branca, que é a parte onde ficam as bancadas de mámore (a que quebrou e virou duas) do nosso quarto/sala de banho.

Nessa foto dá pra ver bem o vazamento. A água estava já ecorrendo para dentro da sala e começando a afetar o gesso.

Primeiro passo: descobrir o possível lugar onde está o vazamento. Olhamos as fotos antigas da nossa casa, e vimos que tinha um joelho num ponto específico e pensamos que poderia ser uma má vedação o motivo da infiltração. Depois de decidir por onde iniciar, quebre o piso com muito cuidado. Infelizmente não temos fotos desse passo, mas para isso o Leandro usou uma maquita para cortar o piso pelo meio, e usou o martelo e as talhadeiras abaixo para terminar de quebrar as bordas do piso. Fazendo assim, você evita quebrar os pisos que estão em volta, principalmente se como na nossa casa, a sua também tiver junta seca. Não, os chinelos não fazem parte da lista de material que vão precisar.

Quando o Leandro terminou de quebrar ele teve uma surpresa… o motivo do vazamento não era o joelho como imaginávamos, mas sim um rasgo no cano, feito provavelmente quando estavam cortando os pisos durante a instação.

Cortamos então a parte que estava ruim.

Essa foto mostra exatamente em que lugar do quarto estava o problema.

E fizemos uma emenda no cano. Atenção: essa parte é muito importante. Cuide para que seja feita uma boa vedação para que não haja risco de vazamentos futuros.

Depois da emenda, o piso estava assim:

É hora de aplicar argamassa para colocar o novo piso no lugar. Proceda conforme a embalagem, misturando as quantidades certas de cada item. Após isso, com uma desempenadeira, aplique a argamassa na área devida, previamente limpa (varra areia, cacos…).

Coloque também argamassa nas costas do piso. Uma coisa que pode ser feita para ajudar a argamassa a firmar, é aplicar água nas costas do piso antes de colocar a massa. Usamos um pincel para isso, evitando fazer ainda mais sujeira no chão.

Aplique então a massa usando a própria desempenadeira ou colher de pedreiro.

Coloque o piso na área a ser revestida.

Use o martelo para dar leves batidinhas, fazendo com que o piso fique alinhado com os outros em todas as laterais.

Bata também nos meios, para ter certeza que nenhuma parte ficará oca, o que pode fazer com que o piso se solte com o passar do tempo.

Limpe as bordas, aguarde a secagem da massa (nós aguardamos 24h) e rejunte. O resultado final é esse aí:

Durante a colocação do piso, veja mais ou menos a espessura da pedra, pra que você possa saber quanto em média de massa vai precisar colocar no buraco para que o piso fique nivelado com os demais. Se aplicar massa de menos, o que aconteceu conosco uma vez, é só retirar novamente a pedra, colocar mais massa, e recolocar a pedra no lugar. Outra coisa importante é usar uma boa argamassa. Nós usamos Quartzolit.

E aí, o que acharam da nossa primeira experiência? Nós ficamos muito contentes com o resultado.  Só pra terem idéia, quando o nosso pedreiro foi trocar uma pedra que estava oca, ele conseguiu quebrar outras 6 em volta. O Leandro quebrou apenas a que ele queria. As demais ficaram intactas. Sabe o que é isso? Cuidado, coisa que só os donos da casa tem.

E aí, porque não começam a fazer vocês mesmos as coisinhas na sua casa???