Fiz Como em Dias a Dois: Closet

Boooom dia! Pensaram que eu nunca mais ia voltar?? Eu sei, tem horas que eu piso na bola, mas eu tava precisando colocar as respostas aos comentários e emails em dia, fomos passar o final-de-semana em São Fidélis… e ontem pra nós foi feriado! Uhuuuu… Aí no meio disso tudo, fiquei de sexta até ontem a noite afastada do blog… precisava descansar um pouco também, né povo?!

Enfim, vamos começar bem a semana (desculpem a semana só começou hoje pra mim… aham… hahaha)?

Sabe, tem horas em que Namorido e eu podemos dizer que somos abençoados com o blog. E uma dessas horas, foi quando recebemos o email da Analice. Olhem o que ela escreveu:

Antes de contar e mostrar qualquer coisa eu preciso agradecer à vocês!  Decidir morar sozinha na cara e na coragem. Bom, mais cara do que coragem no começo, mas aí encontrei vocês, ou melhor, o blog de vocês!  Daí, não me faltou mais coragem, nem disposição, nem criatividade, nem inspiração, nem animação… E depois, tudo isso se transformou em rack, prateleira, cabeceira, closet, mesa, escrivaninha… Foi assim que a história dos dias de vocês virou a história dos meus dias também! Obrigada!

Nesse ap, havia dois guarda-roupas daqueles de loja popular, de aglomerado, que viraram um grande problema: eram 2 “mondrongos” velhos e grandes, que mal fechavam a portas direito, e até pra me livrar deles eu ia ter que gastar dinheiro com o carreto.

E pra me ajudar a ter uma idéia do que eu enfrentaria na minha nova jornada passei a fazer buscar na internet. No início, minha busca no Google era “morar só”, daí começaram a aparecer blogs com muitas sugestões de “DIY” ou “faça você mesmo”. Comecei a me interessar pelo tema, tendo em vista minha “situation”, e então, eis que surge o diasadois, e lá estava a minha primeira aventura desbravando os mistérios da marcenaria: o rack.

Aí, o meu maior problema virou panacéia! Descobri que podia colocar a mão na massa e fazer os meus móveis e o material estava ali bem na minha frente, fantasiado de guarda-roupa velho! Rs

E quando eu contei essa minha idéia pra todo mundo? Virei “A” louca!

Mas não desanimei, coloquei o namorado pra desmontar os “mondrongos” e arranjei uma amiga (Lili, que estava de férias) pra me ajudar. Medimos, desenhamos, cortamos, lixamos, pintamos e montamos. Nem acreditei quando vi o rack lá prontinho! Claro que passamos por alguns percalços: o corte um pouquinho torto, o parafuso que rachou a madeira, a tinta que descascou, mas no fim deu tudo certo. E o rack tá lá na sala, não é assim um Tok Stok, mas dá conta do recado! Rs

Depois do rack eu me empolguei: comecei a imaginar o que dava pra fazer com os cortes de madeira que eu tinha, e de fita métrica, lápis e papel na mão eu sonhei alto. Confesso que não fiz tudo o que planejei, demanda muiiiito tempo e muiiiiiiiita disposição ser marceneira. E eu sou mesmo é advogada, viu? rs

Mas minha empolgação rendeu bastante e eu pude “mobiliar” quase a casa toda só com aqueles 2 guarda-roupas! Creiam! rs

Bom, essa é uma parte da história dos meus dias, contada em retribuição por você compartilhar a história dos seus dias comigo. Sigo acompanhando o blog e torcendo pela criatividade vibrante de vocês e que tudo mais possa ser assim inspirador e contagiante:  a felicidade, a prosperidade, o sucesso, a saúde.

Mais uma vez obrigada!

Analice

E aí, querem ver do que ela está falando??? Olhem os armários… misericórdia! Atire a primeira pedra quem nunca teve algo pelo menos parecido…hehehe

E olhem tudo o que ela fez com eles:

A explicação tá aqui:
No closet eu fiz um gaveteiro (serrei as laterais e desencaixei a parte de cima do guarda-roupa, ficaram só as gavetas), 2 prateleiras grandes para sapatos, 1 prateleira grande para cosméticos e bijous, 2 prateleiras grandes para pôr a roupa de cama e banho (fica sobre as araras onde penduro as roupas), 1 prateleira enorme (onde guardo edredons). Embaixo dessa prateleira, ao lado da porta eu pretendo pôr um espelhão! Eu também reaproveitei 3 gavetinhas de um armário de pia velho que também estava no apê e fiz 3 nichos onde guardo os esmaltes. Um luxo pra quem antes só tinha um guarda-roupa de duas portas. Ah! O meu apê é de 2 quartos (o meu e o que chamo de escritório), o closet é na verdade o “quarto de empregada” que foi revertido para a área social. O cômodo deve medir 1,87x 2,20.

Quem poderia imaginar que daria pra fazer tanta coisa? Pensa que acabou? Acabou não… esse post vai ter ainda a segunda parte, com outros projetos que foram feitos com as peças restantes dos armários, e uma lição que infelizmente foi aprendida da pior forma…

Analice, parabéns pelo projeto, que além de ter ficado muito, mais muito bom, ainda foi correto, pois evitou que esses armários virassem lixo, fazendo bem não só ao meio ambiente, mas também ao bolso! Ficamos muito orgulhosos por fazermos parte dessa história e felizes que tenha vindo dividi-la com a gente!

O que aprendemos dessa lição? Que coragem e criatividade podem render projetos maravilhosos e baratos, mesmo pra quem nunca encostou em uma chave de fenda!

Quem achou que Analice arrasou, levante a mão aí… aqui em casa estamos com 4 mãos e 2 patas levantadas (Pituca também adorou o projeto!!)…