Natal – Parte III

No último post vocês puderam acompanhar o nosso passeio pelas dunas de Jenipabu. Ou será Genipabu?! A questão dos nomes tem nos confundido bastante ultimamente. Pesquisando, chegamos a seguinte informação: segundo a Academia Brasileira de Letras, termos de origem indígena devem ser grafados com “j” (pajé, canjica, etc); portanto, o mais apropriado é “Jenipabu”. O nome deriva do tupi “jenipa-bu”, que significa “local onde se encontra jenipapo”; jenipapo é uma fruta típica da região.

Porém, na hora de ser registrada, ela foi registrada como Genipabu, que na verdade nem pertence a Natal e sim a Extremoz, município vizinho a Natal. Resumindo: embora o correto seja Jenipabu, o lugar se chama Genipabu, com errro de ortografia e tudo… só no Brasil, né?!

Gostou de saber? Então você vai gostar mais ainda de conhecer.

DSC07448

DSC07456

DSC07471

A praia é bonita, tranquila, e as dunas dão  um toque todo  especial ao visual.

DSC07489

DSC07514

DSC07538

As dunas que vocês estão vendo na parte de trás são dunas fixas. Estas são diferentes das dunas onde são feitos os passeios de bugue que nós fizemos, que são dunas móveis. Devido a ação dos ventos, a paisagem muda constantemente o que torna ainda mais necessário a presença de uma pessoa muito experiente para fazer os passeios.

Mas voltando as dunas fixas, nós subimos na que aparece por trás da primeira foto. Lá em cima, o visual é muito bonito, com a areia branca, bugues e dromedários.

DSC07498

DSC07518

Nós preferimos não fazer o passeio porque não achamos algo tão divertido assim… sol forte, os dromedários quase todo o tempo parados e as pessoas lá em cima, com umas caras de quem estavam se divertindo… mas aproveitamos a presença deles para tirar várias fotos.

DSC07526

Ele tá olhando pra mim??? rsrs

Ele tá olhando pra mim??? rsrs

DSC07558

DSC07571

A informação que temos é que estes dromedários são muito bem cuidados. Embora possam ficar 15 dias sem beber água, aqui eles bebem água todos os dias. E já foi conseguida até a reprodução em cativeiro. Ou seja, se algum dia você vier andar nestes dromedários, pode ser que você acabe andando em algum dromedário tipicamente brasileiro!

DSC07565

Interessante né?! Depois de conhecermos Genipabu, seguimos em direção ao nosso próximo destino: Pipa. Não percam!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s