Faça você mesmo: Como Consertar um Vazamento / Piso Quebrado

É isso mesmo. Nos rendemos a mais nova onda do momento… por que pagar se você pode fazer? Aqui em casa sempre conversamos a respeito disso. Muito antes de pensarmos sequer em nos mudar, eu já era viciada nos blogs de decoração americanos, principalmente nos projetos realizados pelos próprios donos. Sempre conversava sobre isso com o Leandro (inclusive foi dessa época que o Leandro começou a ler também os blogs de vocês), e de como eu tinha vontade de chegarmos logo na fase da decoração para podermos fazer as coisas nós mesmos, colocarmos a mão na massa. Mas aí, como já estão cansados de saber, tivemos dezenas de problemas durante a nossa obra, e tudo isso chegou ao ponto máximo quando o Leandro teve que demitir todo mundo pra podermos nos mudar, e viajar de férias.  Falamos sobre isso aqui.

Então, morando numa casa em obra, preocupados em arrumar mão-de-obra descente, sem saber o que fazer pra manter uma pessoa sozinha na nossa casa com tudo o que temos, vimos que era a hora de começarmos a colocar nosso plano em prática. Não, nunca fizemos nada parecido. Não, não tivemos aula a respeito. Sim, estamos sempre apreensivos quanto a se vai dar certo ou não. Masd munidos de muita coragem e persistência, inciamos o primeiro o projeto logo no retorno das nossas férias. 

E eis que voltamos de férias, e tinha um vazamento na nossa casa novinha. E o vazamento estava começando a afetar o nosso gesso, nem sequer terminado por sinal. E o Leandro, meu herói disse sua célebre frase: – Ninguém precisa de faculdade pra ser pedreiro. Se eles podem fazer, eu também posso!

O vazamento dava pra ser visto do lado de fora, nessa laje branca, que é a parte onde ficam as bancadas de mámore (a que quebrou e virou duas) do nosso quarto/sala de banho.

Nessa foto dá pra ver bem o vazamento. A água estava já ecorrendo para dentro da sala e começando a afetar o gesso.

Primeiro passo: descobrir o possível lugar onde está o vazamento. Olhamos as fotos antigas da nossa casa, e vimos que tinha um joelho num ponto específico e pensamos que poderia ser uma má vedação o motivo da infiltração. Depois de decidir por onde iniciar, quebre o piso com muito cuidado. Infelizmente não temos fotos desse passo, mas para isso o Leandro usou uma maquita para cortar o piso pelo meio, e usou o martelo e as talhadeiras abaixo para terminar de quebrar as bordas do piso. Fazendo assim, você evita quebrar os pisos que estão em volta, principalmente se como na nossa casa, a sua também tiver junta seca. Não, os chinelos não fazem parte da lista de material que vão precisar.

Quando o Leandro terminou de quebrar ele teve uma surpresa… o motivo do vazamento não era o joelho como imaginávamos, mas sim um rasgo no cano, feito provavelmente quando estavam cortando os pisos durante a instação.

Cortamos então a parte que estava ruim.

Essa foto mostra exatamente em que lugar do quarto estava o problema.

E fizemos uma emenda no cano. Atenção: essa parte é muito importante. Cuide para que seja feita uma boa vedação para que não haja risco de vazamentos futuros.

Depois da emenda, o piso estava assim:

É hora de aplicar argamassa para colocar o novo piso no lugar. Proceda conforme a embalagem, misturando as quantidades certas de cada item. Após isso, com uma desempenadeira, aplique a argamassa na área devida, previamente limpa (varra areia, cacos…).

Coloque também argamassa nas costas do piso. Uma coisa que pode ser feita para ajudar a argamassa a firmar, é aplicar água nas costas do piso antes de colocar a massa. Usamos um pincel para isso, evitando fazer ainda mais sujeira no chão.

Aplique então a massa usando a própria desempenadeira ou colher de pedreiro.

Coloque o piso na área a ser revestida.

Use o martelo para dar leves batidinhas, fazendo com que o piso fique alinhado com os outros em todas as laterais.

Bata também nos meios, para ter certeza que nenhuma parte ficará oca, o que pode fazer com que o piso se solte com o passar do tempo.

Limpe as bordas, aguarde a secagem da massa (nós aguardamos 24h) e rejunte. O resultado final é esse aí:

Durante a colocação do piso, veja mais ou menos a espessura da pedra, pra que você possa saber quanto em média de massa vai precisar colocar no buraco para que o piso fique nivelado com os demais. Se aplicar massa de menos, o que aconteceu conosco uma vez, é só retirar novamente a pedra, colocar mais massa, e recolocar a pedra no lugar. Outra coisa importante é usar uma boa argamassa. Nós usamos Quartzolit.

E aí, o que acharam da nossa primeira experiência? Nós ficamos muito contentes com o resultado.  Só pra terem idéia, quando o nosso pedreiro foi trocar uma pedra que estava oca, ele conseguiu quebrar outras 6 em volta. O Leandro quebrou apenas a que ele queria. As demais ficaram intactas. Sabe o que é isso? Cuidado, coisa que só os donos da casa tem.

E aí, porque não começam a fazer vocês mesmos as coisinhas na sua casa???

Anúncios

35 comentários em “Faça você mesmo: Como Consertar um Vazamento / Piso Quebrado

  1. Parabéns ao jovem casal, me animaram na empreita que terei pela frente!
    Talvez, o Amauri seja a pessoa mais indicada para me ajudar nessa situação abaixo:
    Moro no centro do Rio, prédio antigo, famoso Balança. Passei pela situação:
    financiei um imóvel da cef, passou pela vistoria…entrei, morando, o sindico me chamou que havia vazamento do meu banheiro social para o apto debaixo…já que queria reformar o apartamento, tratei logo de fazer tal reforma, contratei pedreiro, fiz obra com bom material do mercado, aquaterme, canos bons – tigre, registros fabrimar, porcelanato, etc….
    agora o vizinho de baixo 707 e abaixo lateral(edifício geminado), veio reclamar vazamento proveniente do meu….já fiz vários testes…fechei registros, inutilizei o chuveiro…pus violeta de genciana na pia.e não se consegue identificar a origem do problema….se há relamente vazamento no piso ou nas paredes….
    haja vista, o apt 12, teve vazamento, estou no oitavo,
    e o sétimo reclama, assim como o lateral do prédio geminado.
    a sindica já veio, a meu pedido, ver meu banheiro, juntamente com um pedreiro, e viram que não justificava um vazamento do meu banheiro….apesar de na parede do chuveiro haver uma ‘FERIDA SECA’ , ou seja, azulejos estufaram, já retirei…mas da pra ver que não há sinal de vazamento na tal parede, foi serviço mal feito do pedreiro, que usou massa mal medida…não quis restaurar antes de se ter certeza da origem de tal vazamento do sétimo andar.
    Amauri, sendo esse edifício de tantos andares…20….as paredes do meu banheiro são de ladrilhos brancos, rejunte branco e o piso de porcelanato…não vejo nenhuma mancha de agua….os canos são aquaterme com cobre e também pvc comum….sera que alguma tipo de sonda detecta esse vazamento? Sabe se existe alguma forma caseira de detectar esse vazamento. Enfim, o vazamento existe, uma formula magica pra detectar de que andar isso vem, caso realmente não seja do meu apartamento…?
    hoje recebi uma carta do jurídico do apt do sétimo, pedindo providencias….
    Estou sem saber como proceder….oque vocês sugerem? alguém já passou por isso?.
    Paulo

      • Casal, ainda não consegui…para ver se realmente não é esgosto, pus violeta de genciana, corante de tinta e tbm creolina, na pia e no vaso e ralo do chuveiro, a vizinha não viu nada de diferente, pelo visto não é do meu esgoto, dessa tragédia toda, o bom que a vizinha do apartamento abaixo do prédio geminado, disse que a parede já secou, pelo menos esse problema não ‘vem/vinha’ do meu banheiro….vou continuar na saga….mas gostei de ver a confecção de moveis de vocês! parabéns…

      • Paulo, então dos males o menor… tomara que tenha resolvido de um vez por todas! Abração

  2. Estão de parabéns pela iniciativa. Bom, eu, como aspirante a pedreiro (filho de um pedreiro altamente recomendado em minha cidade), quero fazer uma observação: realmente, encontrar profissionais capacitados é difícil. Não precisa de faculdade para realizar o serviço de pedreiro mas a experiência é essencial. Eu mesmo, com meus mais de 15 anos trabalhando em obras com meu recém falecido pai, não sou nem 1/10 do pedreiro q ele era. Como vc citou o pedreiro q quebrou várias peças ao redor da q realmente era pra arrumar..esse é o tipo de profissional desqualificado, se é q podemos chamá-lo de profissional. Bom, olhando a foto do cano danificado, deu para ver q o corte nele era reto, certinho, o q leva a crer q foi feito por uma serra. Se o vazamento foi solucionado definitivamente, tudo bem, mas pode ter sido também no momento em q seu marido cortava a peça para quebrá-la utilizando a serra circular (makita). Então, observem direitinho se parou a infiltração e tomem bastante cuidado com esse equipamento q é muuuuuuito perigoso. No mais, só posso parabenizá-los pelo trabalho mto bem feito. Ficou muito bonito mesmo. E mais parabéns pelo casamento, bonito, feliz…PARABÉNS!! Abçs

    • Ola Mauricio, muito obrigada pela consideração e pelas dicas! Aguardamos sua visita mais vezes!
      Grande abraço, Juliana

  3. Parabéns ao casal! Fiquei muito feliz por voces! Gosto muito de ajeitar minha casa, mas tenho um certo medo de mexer com massa, ciment, só pinto mesmo.. Agora comprei uma casa e ela está com uma infiltração horrível na parede do banheiro pro quarto, mas depois do que vi aqui, acho que eu mesma vou arriscar e tentar encontrar o vasamento pra solucionar isso, rsrs. Obrigada e continuem assim, zelando, cuidando de tudo que é para o bem do casal. Deus os abençoe muitíssimo, abraços!

  4. Olá pessoal, o serviço ficou bom, mas olhando a foto ampla do banheiro eu vi uma tomada elétrica ao lado da banheira!!! Muito cuidado para não morrer eletrocutado!!! Desativem essa tomada ou instalem no circuito um ‘DR’ compatível com a situação.

    • Oi Roberto, obrigada pela preocupacao! Mas pode ficar tranquilo que a tomada fica bem longe da area molhada. Ja usamos por quase tres anos e posso te garantir que nem uma unica gota caiu proxima…rs.

      Grande abraco!

  5. Boa noite. Gostei muito do trabalho de vcs. Há um mês reformei uma parte do meu apto. Só agora, passado esse tempo estou percebendo que em uma das paredes que dá pro banheiro, infelizmente está com vazamento. Muito pouco, mas já dá pra ver que com a unha consigo tirar a tinta junto com a massa. O ponto exato está a uns 80 cm do piso. será que teho de quebra a parede e tambem o piso? Acho que o cano deve ter rachado com o bate bate dos pedreiro.
    Um abraço

    • Oi Lena,

      Sugiro começar pela parte mais alta, onde nota que a parede começa a ficar molhada, porque é provavelmente lá o vazamento, que daí só escorre pela parede.
      Vazamento assim na vertical costuma ser mais fácil de encontrar.
      Veja se não é na direção da descarga, tente identificar a posição do cano. Quanto mais observar, menos terá que quebrar.

      Um beijão, boa sorte e volte pra nos contar!

  6. Ô coisa boa é ver um casal tão bonito, apaixonado, feliz e sôssegado no cantinho particular deles.
    Gostei da parte “Pra te falar a verdade, acabou se tornando um hobby pra gente. Já planejamos o feriado inteiro em torno do que faremos em casa. Até investimos em ferramentas!!! (vamos postar sobre isso em breve!). E ficamos lá em casa, tomando cervejinha, ouvindo música e fazendo as coisas… rsrsrsrs” no que toca à interação entre vocês dois e à felicidade proporcionada pelo simples fato de estarem juntinho ali tomando a cervejinha e conversando.
    Preservem isso.
    Vocês são jovens, parecem apaixonados e têm tudo pra continuar sendo felizes.
    Não deixem que seus parentes, amigos, gente fofoqueira ou gente invejosa destrua a sua união.
    Me alegro por vocês dois.
    Parabéns pelas habilidades caseiras, Leandro.
    Suas habilidades fazem vergonha ao marmanjo de 22 anos aqui que enfrenta um problema de cano furado em casa e depende do cunhado chato pra concertar.

    • Oi Hemerson,

      Nossa, adorei o seu comentário!
      Muito obrigada pelos conselhos e pelas belas palavras!

      E olha, nem sempre fomos assim… começamos quebrando a cabeça e vira e mexe alguma coisa ainda não sai como gostaríamos.
      Mas não desanima não… se a gente faz, qualquer um consegue…srrsrsrsrs

      Boa sorte com o encanamento!

  7. OLÁ,

    ESTOU COM UM PROBLEMA DE VAZAMENTO NO BANHEIRO, E DEPOIS DE ALGUNS ORÇAMENTOS EXORBITANTES, DECIDI ADERIR AO “FAÇA VOCÊ MESMO”, AMEI O QUE VOCÊS FIZERAM COM ESSE VAZAMENTO, SÓ ACHO QUE PODERIAM ESPECIFICAR AS FERRAMENTAS USADAS, NO OLHOMETRO NÃO DÁ PRA SABER MUITO BEM QUAL É QUAL. MESMO ASSIM, ESTÃO DE PARABÉNS, ESPERO POR MAIS DICAS.

    ABRAÇOS

    • Oi Pollyana,

      Que bom que gostou do blog e com certeza vale a pena tentar por si mesmo!
      Quanto as ferramentas, não usamos nada demais, apenas a makita. O resto é martelo, colher, etc…
      Nesse caso em específico você pode improvisar, não precisa de ferramentas específicas, pode quebrar com o martelo sem usar a makita por exemplo.

      Espero que dê tudo certo com vocês e que volte pra nos contar.

      Um beijão

  8. Olá, primeiramente parabéns pelas dicas…
    O que eu gostaria de saber é se existe uma forma caseira de cortar um piso e como proceder, nada muito sofisticado, coisa bem provisório mesmo!
    Outra coisa, como eu preparo a argamassa em pequenas quantidades, oiu seja para apenas um piso?

    Obrigado

    • Oi André,

      Olha, sem a maquita é muito difícil! A única forma que conhecemos é com o alicate de corte, mordendo e quebrando, mas fica muito ruim o acabamento.
      Acho que você poderia tentar encontrar uma maquita pra alugar ou dependendo da área, vale a pena comprar uma, porque não é um item muito caro e é muito versátil, se esse for o seu problema…
      Já a argamassa, você pode fazer no olho mesmo, com cerca de um copo do pó da argamassa e ir acrescentando água bem devagar, até que fique como um mingau, mole o sufiente pra esparramar, mas um pouco durinho pra que você possa pegar com a colher de pedreiro.
      Bom, não somos especialistas, somos dois curiosos… então não sei se alguém teria uma sugestão melhor!
      Esperamos ter ajudado… boa sorte!

      • No seu caso André, existem riscadores manuais com os quais vc risca a peça pelo lado do acabamento e depois pode quebrá-la até mesmo com as mãos, mas normalmente os riscadores têm o lugar próprio de quebra. Tem alicate com riscador e quebra e tem um maior para peças grandes, ambos muito bons e não fazem a sugeira da serra circular. A serra circular utilizada aqui e popularmente conhecida como Makita ppr conta da marca mais famosa desse seguimento é um ótimo aparelho, mas de manuseio mto perigoso devido à potência (altos giros). O pai de um amigo meu perdeu o dedão com uma. Se ela travar no meio da peça, dá “coices” q se vc não segurá-la forte, pode deixá-la andar sozinha e daí meu amigo, Deus queira q ela pare logo. Quanto à argamassa, é como ela disse…é escolher a quantidade e ir dosando a água…mas não faça caldo com ela, se não bagunça o seviço. Espero ter ajudado. Abç.

    • Oi Dayane,
      Ficamos muito felizes que tenha gostado.
      Estamos sempre tentando aprender e fazer coisas novas por aqui…
      Te aguardamos mais vezes!
      Obrigada pelo carinho…

  9. Eu adoro fazer eu mesma muitas coisas em minha casa sou animada até demais,mas meu marido aiai acho que ele não gosta muito dessas coisas, se eu pudesse faria vários cursos pra aprender a fazer de tudo na área de construção principalmente acabamento.Adorei o post de vcs, está bem explicadinho e muito bem feito.Parabéns aos dois.

  10. Olá,

    Muito bom o seu POST de “Fazer nós mesmo” Porém o tempo neste caso é essencial. Da última vez que tive problema com Vazamento, tive de chamar uma empresa, cobrou barato e fez um ótimo serviço (http://www.caca-vazamento.net) – Não significa que eu não poderia fazer por minha conta, mas pelo fato de estar sempre trabalhando, facilitou chamar a empresa e chegar estar tudo arrumado. Pagamento facilitado também.

    Enfim, ótimo blog e post.
    Até mais.

    • Olá!

      Obrigado pelo elogio… rsrsrs
      Realmente fazer as coisas em casa quando se trabalha em período intregral é um enorme desafio, que se por um lado tras grande senso de realização, por outro testa a sua paciência, porque isso significa levar semanas para ter algo que levaria dias pagando alguém.
      Aqui em casa trabalhamos nos fins-de-semana que ficamos em casa e alguns dias a noite, quando o Leandro chega cedo (eu não participo porque ainda vou pra facul a noite). Mas como não temos filhos, ou sequer um cachorro, conseguimos lidar com isso numa boa.
      Pra te falar a verdade, acabou se tornando um hobby pra gente. Já planejamos o feriado inteiro em torno do que faremos em casa. Até investimos em ferramentas!!! (vamos postar sobre isso em breve!). E ficamos lá em casa, tomando cervejinha, ouvindo música e fazendo as coisas… rsrsrsrs
      Mas sem dúvida alguma, temos consciência de que alguns projetos terão que ser passados para profissionais.
      Ah, adoramos a dica da empresa!!! Atenção pessoal de SP: dica muito legal aqui!

      Enfim, adoramos a participação, e esperamos você mais vezes por aqui dando sugestões legais como essa!

  11. Olá, Muito obrigada pela sua resposta…Com certeza usarei, só que preciso esperar a casa chegar nessa fase da pintura…Mas logo que tiver pintado venho te dizer e mostrar como ficou, espero que não se incomode de usar a mesma cor da sua casa rsrsrs afinal nossas casas serão bem distantes uma da outra, e eu ameii a cor…Beijos

  12. Mas ah!!! ‘Peitudos’ vcs, hein?!?! Vou guardar o ‘passo a passo’. Vai saber quando podemos precisar?!?! Parabéns pela iniciativa. Eu estou me ensaiando pra fazer algo bem mais simples: colar papel de parede. Tomara que tenha o mesmo êxito!
    bjo

  13. Parabéns!!! Vcs estão certos! Nós não precisamos de uma graduação para fazer esses reparos e resolver com paz as pendencias que ficam dos profissionais que contratamos. Eu fico indignada com a falta de respeito conosco, pois contratamos, pagamos caro e disponibilizamos todos os materiais e no fim temos histórias trágicas.
    Como demitimos o pintor, meu marido disse que vai terminar de pintar a casa por fora. Eu sei que ele conseguirá, pois já me surpreendeu outras vezes. Agora temos que esperar a chuva passar… enquanto isso a casa ficará com um mão de tinta e selador.
    Beijo

  14. Olá, seu blog é ótimo! Sua casa é linda, eu gostaria de saber a cor da tinta que vc usou…Será que vc me mandaria o nome ou a mistura por e-mail? Desde já agradeço.
    Bjoss
    Rosane

    • Obrigada Rosane!
      Olha, ainda não colocamos os nomes das tintas porque com a bagunça aqui em casa rolando solta, não sabemos onde guardamos os recibos, as cartelinhas de cores, etc.
      O que podemos adiantar: a cor mais ecura é a Mousse de Uva, emborrachada da Coral. As demais cores, são as mais claras, logo em seguida da mesma cartela. Assim que começarmos a ajeitar o resto da mudança e encontrarmos, coloco o nome das outras duas cores aqui. Mas acho que assim você já consegue encontrar.
      Um beijão, obrigada pela visita e volte pra nos contar se usou uma delas!

  15. Poxa q chato essa questão de vazamentos hein!

    Já alertei o maridão aqui.

    Mas vcs deram uma aula do q fazer, parabéns!

    Agora estou louca pra ver o passo a passo da instalação da coifa, não esqueça de mim hein! Serei a primeira a ver, rs.

    Bjs!

  16. Oi Ju… que barato este post seu… aqui em casa também nos arriscamos em várias coisas também… não da para ficar pagando a todo momento por um serviço que nos mesmo conseguimos executar, e a sensação de tarefa concluida é tão boa… né…

    um super beijo

    Pati

    • Meninas, é isso mesmo… embora fiquemos cansados, o prazer de concluir a tarefa é imenso! E com certeza, ninguém vai fazer melhor do que a gente, não é?! Fora o dinheiro que economizamos. E Thaís, o pior é quando faço isso enquanto ele está segurando peso… hahahaha. Só ele mesmo pra me aturar. E gente, vocês que também fazem… cadê as fotos, hein, hein, hein??!!

  17. é isso ai!!! a grana que podemos economizar com certeza vai ser útil em outras coisinhas, ainda mais na fase de decoração né!!! mas temos que ter noção da realidade, fazer apenas o qu esta ao nosso alcance, se não, o barato pode sair caro, ao invés de concertar podemos piorar o problema!!!
    parabéns pela iniciativa!!!

  18. Adorei o post! Lá em casa passamos muito por isso.
    O pedreiro me cobrou o olho da cara para pintar a casa e mesmo que tivéssemos grana na época, eu nãi pagaria aquela quantia. Calassara nunca tinha pintado nada na vida e pintou a casa toda SOZINHO (inclusive a parede beringela).
    Tivemos tb muito problema na troca do rodapé q tinha alturas e profundidade diferentes e Calassara tb fez sozinho, mesmo cheio de dor. Se já não é fácil uma pessoa de estatura normal fz o rodapé da casa toda, imagina pra um sujeito de mais de 2,00 metros?rs e depois dessas suas coisas, vários reparos na casa ele é quem faz pq hj em dia se nega a pagar o que ele sabe q pode aprender.
    Resumindo: Depois do sufoco ele acha que virou pedreiro, encanador, montador de móveis, eletricista e tudo mais.rs
    Oh, Leandro com a ferramenta na mão, argamassa secando e Ju tirando foto e obrigando o garoto a dar um sorriso pro blog é que foi d+! Coitado do pedreiro Leandro!rs
    Quando é a gente que faz o serviço as coisas não quebram, não sujam absurdamente e eainda fica bem feito 😉
    Bjus nos dois (ajudante de pedreiro e pedreiro!hauhuahua)

  19. VOCE FALOU TUDO A RESPEITO DE CUIDADOS COM A CASA , MATERIAS QUE DESPERDIÇAM, FIZ COMO VOCES POIS TAMBEM ESTOU CONSTRUINDO E QUEM VAI BOTAR A MAO NA MASSA AGORA VAI SER EU E MEU ESPOSO,DIZEMOS UM BASTA PARA PEDREIROS QUE NAO PENSSAM UM MINIMO NA GENTE, SE NAO FIZESSE ISSO ACHO QUE IRIAMOS ENLOUQUECER

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s