Quando as Férias Acabam

PS: Pessoal, eu sempre respondi os comentários aqui, aí copiava e colava no email e mandava pra cada um de vocês, mas infelizmente, vou precisar parar de fazer isso pra poder postar mais com mais frequência. Eu acabo usando muito do meu tempo nisso, e postando menos.  Então a partir do último post, vamos responder vocês só por aqui, pode ser?! Quem comentou no último post, as respostas já estão lá (menos as meninas que tem blog e eu visitei nesses dias). Me perdoem ter que fazer isso! Adoro, adoro os comentários de vocês, porque é através deles que conhecemos vocês e sabemos o que estão pensando. Seria muito chato ficar aqui falando sozinha…rsrsrs. Mas a realidade é que não consigo fazer desse jeito mais… Vocês irão me odiar por isso?!

_________________________________________________________________________________________

E aí que hoje foi o meu último dia de férias.

São 11:50 da noite. Terminei os últimos afazeres antes de vir pra cama: lavei a louça, coloquei roupa na máquina pra lavar e secar. Preparei a camisa que vou usar amanhã, arrumei a bolsa com o essencial, separei meu crachá, meu EPI e o cartão de estacionamento.  Acho que é tudo.

Não. Espere. Não me preparei psicologicamente pra isso. Por mais que eu tenha tentado. Passei o dia com aquele sentimento, sabe?! Aquele que temos numa quarta-feira de cinzas chuvosa. Por que voltar das férias é tão difícil?! Pelo menos pra mim. Namorido como sempre está animado. Ele tem pilha Duracell, então nada nele me espanta. A vizinha tomou um susto com ele outro dia, 3 horas da manhã futucando as plantas no jardim. Achou que era um bandido no nosso quintal. E eu morta na cama, sonhando que eu não precisava mais trabalhar, que tinha dinheiro suficiente pra viajar e fazer só o que gosto… hahaha.

Mas não sei o que me deixa mais desanimada: o fato de voltar ao trabalho em si e em todas as M que me esperam pra ser resolvidas ou o fato de eu saber que a partir de amanhã tenho que fazer malabarismo pra dar conta da casa, facul, trabalho, blog e nossos projetos. Tem horas que sinto uma vontade louca de desacelerar. Uma vez ouvi de uma pessoa próxima que eu deveria mudar de ramo e me envolver mais com obra, decoração e coisas do gênero. Eu até concordo, nem porque eu ache que sou boa nisso, mas porque eu gosto – e muito. Mas já ouvi também que só gosto porque não é meu trabalho…kkkkk.

Outra que vai ter que se adaptar é Pituca. A menina está mal acostumada com os pais em casa o tempo todo nos últimos dias. Ela é igual a mãe: adora um travesseiro!!

E dormir.

E uma cama macia.

E comer.

E dormir.

Espera, eu já falei isso?! Ooops… pra ver como gosto de dormir!

Ah, a caixa com parte dos sistemas de segurança já chegou de São Paulo. Como não vamos montar tudo de uma vez, resolvemos dividir em duas partes.

O que nos deu o bônus de ter o pagamento também dividido em duas partes.

O que nosso bolso agradece.

Dentro da caixa, parece que tem um quebra-cabeça desmontado, daqueles que você não faz ideia se aquele lado é pra cima ou pra baixo, se aquele pedaço ali é uma orelha ou outra parte do corpo que é melhor não mencionar… KKKKK. Namorido falou que vamos nos ferrar divertir no final-de-semana.

Enfim, não vou dizer que eu odeio o meu trabalho. Não, longe disso. E aliás, agradeço por ele e trabalho muito duro pra justificar meu salário. E  graças a isso e o trabalho do Namorido que conseguimos nossas coisas, embora algumas sejam levadas embora de vez em quando. Mas também não posso dizer que quando eu era criança (o que foi pouco tempo atrás hahaha – imagina!) eu sonhava em fazer o que faço. Na verdade, a maioria das pessoas com quem converso, vivem a mesma situação, ou queriam ter mais tempo pra si, ou ficam pensativas quanto a se deveriam estar fazendo outra coisa, qual seria sua real vocação. Uma minoria com quem conversei odeia ou ama o que faz.

E vocês, o que me dizem? Levantam felizes pra trabalhar depois de 30 dias de férias? Ou ficam naquela ressaca mal curada como eu? Amam o que fazem? Odeiam? Será possível ser apaixonado pelo que faz, sem ter vindo de um berço de ouro e tendo que pagar suas contas?

Anúncios

56 comentários em “Quando as Férias Acabam

  1. OIe..to conhecendo teu blog agora e ja salvei nos favortos…ano que vem entregam meu ape e to sem ideia de fazer um monte de coisa…a gente vai poder trocar muitas figurinhas..
    Ah…tb tenho preguiça de voltar a trabalhar depois das férias!!!
    bjs

  2. sexta feira, 17.08.12, mais ou menos meia noite, deito para dormir mas tenho insonia, levanto vou ao banheiro, volto pro quarto, olho as horas, 2,45, meu Deus tenho que dormir, de novo me levanto vou ao banheiro, deito e nada, então pego meu notebook e começo a procurar algo que me interesse, vou no face, todos dormindo,então navego em alguns blogs de decoração, entro no seu blog e bingo
    começo a ler o teu retorno de férias e penso ih é muita coisa pra ler mesmo assim continuo, e vou até o fim com sede de mais posts, ri muito e baixinho porque meu marido dormia ao lado, nossa vc é muito divertida, sua casa é linda, vem cá quantos anos vc e teu marido tem, quanto tempo levaram para construir esta casa.
    um beijo adorei, em tempo só fui dormir as 5 da manhã, porque mesmo com sono
    eu não conseguia para de ler.

    • Rsrsrsrs
      Ri muito agora, porque parecia que estava até falando de mim! Eu também fico assim, me remexendo.
      Olha, a história da nossa é tão longa… mas resumindo, desde que Leandro e eu começamos, levamos 1 ano até a mudança, em obra.
      De lá pra cá não paramos. Mas a obra pesada durou 1 ano. Mas temos ainda muito por fazer!

      Fiquei super feliz que tenha nos encontrado e gostado do que viu! Obrigada pelo carinho e te aguardamos mais vezes!

  3. é voltar pra mim é sempre bom sem querer me gabar eu sou professora pública ou seja duas férias por ano uma de 45 e uma de 20 dias e quando eu volto meus pequenos me mostram o quanto eu sou importante pra eles bem MORRRAAAAA de inveja ( inveja boaa lógico) mas minhas férias são muito aguardadas mas o fim delas também e passei pra contar que eu morro de inveja boa de vcs então mandamos fazer o balcão da cozinha em granito vai ficar lindo logo logoo volto a postar no blog… Ah naum sei mas axo que vc entende mais disso do que eu será que compensa eu passar meu blog pro blogspot pq eh muito dificil mexer no wordpress.

    • Da parte das crianças eu não fiquei com inveja não, mas das férias… quem me dera…kkkkkk
      Isso sim são férias!
      Acho que o sonho de consumo da maioria é ao invés de vender 10 dias de trabalho, comprar! hahaha
      Hum, Taty eu não tenho experiência no blogspot, mas já deu olhadinha em tutoriais que tem por aí do wordpress?
      Porque a única coisa chata, vai ser configurar tudo de novo…
      Tô louca pra ver o balcão da cozinha! Depois vou lá te visitar.

      Beijocas

  4. Oi Ju! Acho que ninguém está preparado para voltar das férias… ainda mais das férias no Caribe (fiquei off mas já me atualizei, viu??)! kkkkkkk

    Mas tudo bem… a vida corrida também é ótima para nos fazer sair do lugar. E são tantas coisas para fazer e o tempo passa tão rápido que logo chegam as próximas férias… hehehe

    Beijosss

  5. Por mim não tem problema, pode responder aqui mesmo, por que eu sempre volto pra ler!! eu sei como é dificil responder mil e-mails.

    Eu bem que queria ficar só sombra e água fresca..kkkk essas coisas boa da vida, mas se fosse todo dia, viria correndo para o transito infernal, os bancos lotados, os hipermercados da vida, as noites mal dormidas e todo estress que nos rodeia, que acaba com a gente, mas que a gente não vive sem.kkkk

    beijos

    ahhhhhhh! deixa eu te perguntar uma coisa!!! já faz quanto tempo que você montou a cozinha??? o seu granito branco, já deu algum sinal de desaprovação??? estou na fase de escolha das pedras da minha casa nova, e estou em duvida se faço claro como a sua, ou se uso granito preto ou verde (que parece preto!!), mas a minha dúvida é cruel, o preto não mancharia de gordura, mas ficaria bem pesado uma bancada como a sua não ficaria? mas e o branco (cinza), mancha mesmo?
    brigadão Juliana!!!
    Cíntia

    • Oi Cíntia,

      Obrigada pela força! Com certeza responder por aqui me economiza muuuuito tempo!
      Então menina, todo mundo fala que pedra clara mancha, mas você acreditaria se eu falasse que a minha tem 0 manchas, mesmo depois de uns 2 anos de uso?!
      Vira e mexe alguém me pergunta isso, acho que vou até fazer um post e mostrar e falar de como eu cuido (também não dou sorte ao azar…).
      Olha, realmente dependendo do espaço que tiver, o preto diminui um pouco. Eu sou suspeita, porque gosto de granito claro (veja que na minha casa é só o que tem). Mas se no final for de escuro e o espaço for pequeno, coloque os móveis e pisos mais claros pra “quebrar”, aí fica garantido…

      Um beijão!!! Depois apareço por lá…

  6. Oi Ju! Prazer, eu sou a Manu, e sempre passo por aqui, mas nunca comento! Adoro seu blog, sua casa, seus projetos…Vc e seu marido são mega caprichosos em tudo que fazem, e acho sempre tudo lindo! Vcs estão de parabéns!
    Bom, sobre voltar das férias, realmente, comigo tbm acontece o mesmo…um sentimento de tristeeeeza, de “como assim, já passou??”, é mesmo difícil, viu? Mas faz parte…e logo logo vc entra no ritmo de novo!
    Ah, e boa sorte com as instalações de segurança! Não consigo nem imaginar, meu cérebro feminino dá nó só de pensar! hehehe
    Beijos!

    • Oi Manu,

      Que bom que resolveu comentar! É mesmo, devagar a gente volta ao ritmo… eu mesma acho que já tô pegando no tranco…kkkk
      Já a instalação… bem, a cabeça que vai pensar é a do Namorido… eu só vou entrar com as mãos… kkkkkkkk

      Beijocas

  7. Bom dia não poderia deixar de comentar pq falar do meu trabalho é tão prazeroso…eu AMO o que faço e tb nunca imaginei trabalhar neste ramo.Sou Gerente de Vendas de uma loja de Materiais para Construção,tem tb a fabrica de Lajes e junto uma Serralheria, trabalho a 6 anos e só tirei até agora 2 semanas de férias sendo que foi uma semana em 2009 depois de 3 anos de trabalho e uma semana no ano retrasado pq ano passado abrimos a Loja e não pude sair de férias.Td bem que ganho comissão além do salario ai penso se eu não tirar pedido não ganho mas tb não consigo + ficar longe, nunca falto ficar em casa pra mim é um tédio embora tb amo minha casa, já cheguei a trabalhar 12 horas e na maioria dos dias não tiro o meu horário de almoço já que almoço aqui na loja mesmo,td bem trabalho sentada mas trabalho muito com a cabeça e claro que cansa, mas acordo todo dia feliz da vida e agradeço a Deus por ter esta oportunidade na qual aprendi muita coisa, conheci pessoas maravilhosas inclusive o meu namorido.Eu não tenho do que reclamar…mas este ano daqui uns 2 meses vamos viajar ai vou tirar uma semana de férias…rs fiquem com Deus bjusss

    • Ariane,

      Com certeza você é uma das privilegiadas que andam soltas nesse mundão! kkkk
      Agora, com certeza um dos motivos de ser assim, é por ser uma pessoa que sabe dar valor e agradecer.
      Parabéns! E imagino o quanto você deve vender, porque gostando, é outra coisa!
      Odeio quando me atendem com aquela cara de…

      E aproveite mesmo as férias pra viajar!

      Beijocas

  8. Oi, faz um tempão que acompanho seu blog, temos muitas coisas em comum inclusive somos mães de york, fiquei super feliz quando vi a Pituca pela primeira vez. Quanto ao trabalho fazem 2 meses que estou disponivel para o mercado rs, e estou adorando rsrs.
    Beijos

    • Oi Karina,

      Que bacana te receber por aqui! Fiquei super feliz que resolveu comentar e que seja a sortuda mãe orgulhosa de um york!!
      Ai, dar uma pausa… huuuummmm… tentador!

      KKKKK

  9. Ju….menina…qta coisa aconteceu por aqui!!! Que bom que está tudo ok já! Eu tbem ficava meio “bodeada” na volta das férias, mas estou só estudando agora e já estou cansadérrima de ficar em casa, não vejo a hora de voltar para uma rotina alucinante…rs…o ser humano é um bicho muito esquisito! Bom retorno para vocês!

    Bjks

    Val

    • KKKKK
      Val, todo mundo que para fala isso pra mim, que não vê a hora de voltar…

      Beijocas e que consiga logo voltar pra correria…rsrsrs

  10. Juliana, tem um blog sobre viagens que eu amo chamado “Drieverywhere” (aliás, recomendo, já que vcs gostam de passear). Ela sempre fala sobre o emprego dela o seguinte: “Não é o trabalho dos meus sonhos, mas é o trabalho que realiza meus sonhos”.
    Sempre penso nisso quando passo por uma fase do tipo “o que estou fazendo aqui?”.
    Bjs
    Camila

  11. Nunca ficaria com raiva! Na verdade, comento por prazer de escrever sobre algo interessante que você postou (o que acontece sempre), como incentivo para você colocar sempre novos posts e fazer a alegria de seus leitores. Sobre voltar ao trabalho, amiga, compartilho de sua tristeza, mas, se é que serve de consolo, passado o primeiro dia tudo volta ao normal, e nessa hora a rotina é uma benção. Beijos, bom retorno.

    • Simone, muito obrigada mesmo pelo apoio! Os comentários de vocês são muito importantes e cumprem exatamente a proposta. Ficamos motivados, felizes e sempre preocupados em dar um retorno a vocês, afinal, com tanto blog bom por aí ficamos super felizes que tenham escolhido gastar tempo justamente com o nosso!
      Ah, e você tem razão quanto a rotina… já tá rolando… kkkk

      Beijocas

  12. Pode te roubar tudo, mas nunca vão conseguir tirar de você seu caráter, sua honestidade, sua capacidade de lutar pela vida e seu amor próprio.
    Trabalhando você consegue tudo de novo e melhor ainda, mais novinho e mais cheirosinho.
    Deus te abençoe e te guarde!

  13. Claro que não ficaremos com raiva.
    Você é linda, meiga, doce.
    Tudo o que você escreve aqui imediatamente vai para nosso e-mail.
    Pelo menos para o meu vai, pois estou com as contas conectadas e assinei para receber todas as suas notificações.
    Acho que os interessados farão o mesmo, se já não o fizeram.
    Fique tranquila e “poste” mais, que a gente vai ler tudinho!…Sem falta…
    Beijinhos e bom retorno à correria brasileira.

    • Ah Eloisa, você que sempre é demais com a gente!
      Obrigada pela força que você sempre nos dá!

      Um abraço super hiper apertado de uma pessoa com o rosto vermelho aqui por causa dos elogios…kkkkkkkk

      • é sim…kkkk
        tudo que te falei é verdade…
        vou sempre ler…as vezes não dá tempo de comentar, mas leio tudinho!
        bjs… não precisa ficar vermelha!…kkk

  14. oi vi o seu comentário, e assim como vc, principalmente nos finais de semana, mais precisamente final de domingo, me dava uma angustia danada, a minha redenção foi começar um trabalho por conta própria, sou refrigerista e mecânico de lavadoras ( por causa disso conheci seu blog) e a 09 meses conheçi uma empresa através de um amigo, desde então desenvolvo também este novo trabalho que me da a possibilidade de ter ganhos residuais e ajudar pessoas, e isto é maravilhoso porque aprendemos e depois compartilhamos, esta empresa faz isto a muito tempo e é pioneira, é 2ª no mundo sem fazer propaganda, vc só ouve dela através de outras pessoas, e não na mídia paga fatura 10,6 bilhões ao ano e distribui 35% desse faturamento aos seus parceiros sua sede está em Ada Michigan EUA, no brasil temos uma fazenda Orgânica nossos produtos estão em 80 países, estamos no Brasil à 22 anos e é muito provável que vc use, ou tenha um amigo ou conhecido que já use destes produtos ou ouvido falar se alguém se interessar pode falar comigo pelo face e só digitar o meu nome e me convidar. edson da silva alcantara . Boa sorte a todos

  15. Ju, desde que casei não arrumei um emprego fixo, mas de abril até Dezembro do ano passado trabalhei numa padaria que minha mãe decidiu abrir aqui, e ralava demais não dava conta da casa e do marido, nunca quiz tanto minha casa arrumada, mas quando foi Dez, fui passar o final de ano em MG na sogra e de la pra ca não voltei a trabalhar e isso é tão tão bom..rsrs.
    claro que as vezes bate maior tédio, o marido e os amigos saem pra trabalhar, todo mundo tem história pra contar e eu ???Eu também tenho ué, pelos menos tenho internet em casa, tenho milhões de blogs pra ler e outras coisitas + pra pesquisar e isso toma tanto o meu tempo que até me enrolo com os afazeres domésticos acredita?! Só eu mesmo, e tô louca pra arrumar estágio imagina só, o caos que vai virar isso aqui!!!
    kkkkkkkk
    Beijinho queriida, Boa Sorte no retorno

    • KKKKK
      Aline, pra mim você tem as melhores histórias… adoro saber o que acontece na blogosfera! KKK
      E quando arrumar o estágio, correria vai ser mesmo, mas pega no tranco! KKK

      Beijocas

  16. Nossa vc me tirou um peso das costas… Achei que era só eu que pensava assim sobre o meu trabalho! Tenho a maior preguiça de voltar a trabalhar depois das férias, enquanto meu marido não consegue ficar em casa por mais de 15 dias sem trabalhar! As vezes minha consciencia pesava por eu trabalhar na area da saúde e aí começarem os comentarios maldosos: ” Ah vc tem que amar o que faz, vc cuida de pessoas… e eu: é mas uma hora cansa! em compensação agradeço a Deus todos os dias pelo meu trabalho que provê as minha necessidades e da minha família, mas não é brinquedo não!!!! Beijos

    • Oi Cecília,

      Pimenta nos olhos do outro é refresco né?! As pessoas são engraçadas… é claro que nem sempre vamos estar animados, mesmo se amarmos o que fazemos.
      Você ficar desanimada de vez em quando só prova que é normal e simples mortal como nós. Te dou maior apoio, viu?!

      Um beijão!

  17. Ai, ai, tenho que assinar embaixo do que voce falou no post. E do comentário da Josiana também, viu? Eu estava de férias em julho, trinta dias, voltei dia 01 de agosto ao trabalho e óóóó… foi uó na véspera pensar que tinha que voltar, que vontade de ficar mais em casa… E minha rotina também vai por aí, já começo a semana louca pra sexta chegar, e domingo à noite, buá, quero chorar… brincadeira mas é quase. Mas tenho me preocupado com essa sensação que já dura um bom tempo, sabe? Porque sei que é sinal que não estou nada feliz, vou ter que ter uma conversa comigo, ou procuro logo outro emprego ou mudo a perspectiva com relação ao meu, afinal, como todo mundo aí em cima citou, meu salário no fim do mês me mantém em dia com minhas contas. É a vida, Deus dando saúde a gente vai se virando, né? Olha, sinto muito pelo roubo na sua casa, tomara que não aconteça mais. Seu blog é show, curto muito. Um abraço.

    • Oi Valéria,

      Muito obrigada pelo carinho!
      É isso aí, existem várias soluções pra quando esse sensação perdura, e cabe a gente definir qual delas é a melhor.
      Mas existem fases também que acho que é normal ficar meio desanimado. Isso acontece em todos os campos da vida, então, mais do que normal acontecer com o trabalho né?!
      Não se sinta sozinha, que todos passamos por isso. E vamos que vamos que final do mês vem aí…kkkkkk

      Beijocas

  18. OI Ju que saudades amiga! Que bom que está de volta, tds os dias dava uma espiadinha aqui só pra ver se vc aparecia!! mas entendo vc merece férias, e segue a luta não desanima não!!! Enquanto corremos atrás de nossos sonhos aparece um filho de Deus enviadooooooooo para roubar sua paciência, aumentar seu ódio e tirar sua paz, mas pense que no seu descanso de férias foi muito muito melhor que a notícia péssima de invadirem sua casa.
    Torço muito por vcs!!! bjão

  19. Querida Ju, faz tempo que não comento mas acompanho sempre o cantinho de vcs.
    O que me motiva a sair da cama pra trabalhar é o fato de receber um salário no fim do mês, poder pagar minhas contas e construir minha casa. Então assim, eu não morro de amores pelo meu serviço, mas o respeito muito!! haha E férias, faz mais de 10 anos que tiro apenas uma semana, então não da nem tempo de acostumar com a vida boa hahahaha
    Nossa, sou muito parecida com a Pituca, dou tudo por umas horinhas a mais de sono! hahaha
    bjão

  20. Oi Ju, trabalharia com muito mais prazer se soubesse que tudo que pagamos de imposto fosse revertido em nosso benefício, é totalmente desanimador viver nesse país, infelizmente… É dureza ser brasileiro e vendo os bandidos de Brasília “comendo” nosso rico dinheirinho!

    • Nem me lembre dessa parte! Todos os anos, na hora de pagar o imposto de renda, eu e Namorido ficamos meio surtados.O valor e um absurdo! E ainda temos que gastar por fora, com seguranca, educacaoo, saude e pedagios. Nos da classe mediana somos os que mais sofremos com isso! Obrigada, Juliana https://diasadois.wordpress.com

      > Date: Wed, 15 Aug 2012 13:42:46 +0000 > To: dias.adois@hotmail.com >

  21. Nossa Ju, me indentifiquei muito com seu post!!!
    Tenho muita vontade de ter mais tempo pra mim, de poder fazer os afazeres de casa com mais tranquilidade (já que tenho que fazer tudo correndo)….sinto muita falta mesmo….
    Marido está pensando em ter um baby, mas com o ritmo de vida que levo é quase impossivel colocar mais alguém pra eu cuidar…hehehehe
    tenho que desacelerar minha rotina, até por questão de saude!!!!
    Ele (maridão) é igual ao seu… hiperativo…nada cansa…
    mais eu não sou normal…. adoroooo uma soneca, ficar em casa de vez em quando…..
    mas tá bom, temos os nosso trabalhos e pagamos nossas contas!!!
    Beijos querida…

    • Exatamente esse necessidade de ter todos os lados da nossa vida em dia que me mata.Eu acabo cuidando de um, e ai o outro pega fogo. Ai apago incendio e deixo outro enrolar e vivo nessa constate sensacao de estar sempre em divida.Mas ainda bem que pelo menos as contas ficam em dia…kkkk Beijocas

      Obrigada, Juliana https://diasadois.wordpress.com

      > Date: Wed, 15 Aug 2012 13:14:56 +0000 > To: dias.adois@hotmail.com >

  22. Bom dia minha querida!

    Ahhh Ju! Entendo perfeitamente você… No entanto, sou um pouco diferente, já que você se sente assim somente após as férias. Eu me sinto dessa forma de segunda a sexta (haha…), principalmente quando Daniel está desembarcado…
    Mas por outro lado AMO minha profissão (pra mim é umas das profissões mais lindas e importantes que existem), morro de orgulho dela e principalmente de trabalhar em um dos ramos da geologia que gosto demais… Porém pra quem viveu mais de 20 anos em uma cidade de clima quente e vem para Castelo que é uma cidade montanhosa que faz bem frio (odeio frio)… Acordar de segunda a sexta as 6 (meu cabelo é ruim, então tem que acordar cedo para domá-lo, rsrs..) naquele frio, é a pior coisa do mundo pra mim… Total desanimador… Uó!
    Mas creio que o que nos faz ficar com esse sentimento de ODEIO TER QUE TRABALHAR TODO DIA, é a pressão, o cumprimento de prazos e afins que enfrentamos todos os dias no trabalho. Isso nos desgasta demais e nos faz pensar e sentir que trabalhar, as vezes, é sacrificante para nós.
    Eu seria mais feliz se trabalhasse a hora e o dia que eu quisesse, com certeza eu teria mais prazer. Por isso, penso que não tem nada melhor do que sermos nossos próprios patrões, até por isso Daniel e eu temos alguns projetos “empreendedorísticos” em vista, mas nada que esteja ligado diretamente a nossa profissão. Quem sabe dá certo?! Adeus 6 da manha com frio… rsrsrs

    Beijos lindona!

    • Hahaha… ri muito Josi com o “cabelo ruim”.Acho que todas nos mulheres temos essa mesma sensacao de manha.O meu cabelo por ser cacheado, acorda num mafua louco….kkkkkEntao, as vezes acho que as empresas tinham que se atualizar e implantar horarios flexiveis, banco de horas… isso ia facilitar tanto nossa vida.Mulher de unha feita e cabelo escovado e muito mais feliz! kkkk Beijocas

      Obrigada, Juliana https://diasadois.wordpress.com

      > Date: Wed, 15 Aug 2012 12:37:41 +0000 > To: dias.adois@hotmail.com >

  23. Oi, Ju!!!

    Eu também volto das férias que eu mesma me dei essa semana… O pior que gostaria de deixar tudo organizado e ainda não consegui, porque a rotina trabalhando e cansativa! Mas eu amo o que faço e no último mês tomei uma decisão importante: vou sim direcionar mais mu trabalho para a área de construção e decoração, vou pagar um preço por isso, como a falta de estabilidade financeira, mas estou encarando como uma aventura que só terminara quando conquistar meu objetivo!
    Mas fica assim não, em uma semana seu corpo e sua mente já voltam ao ritm normal e curam a “ressaca das férias” rsrsr!!!

    Uma ótima semana para vcs linda!! bjs

  24. me sinto do mesmo jeito, to tentando pensar em um jeito de fazer o que eu amo, que é o mesmo que voces. Se não se incomodar pode nos dizer qual a sua profissão? Adoro o blog.
    Bjos!

    • Oi Anna,

      Trabalhamos na área do petróleo, nada a ver com casa e construção… kkkkk
      Que bom que gosta daqui. Fique super a vontade!

      Beijocas

  25. Ahh, eu me sinto assim também… tenho um curso técnico e um tecnólogo que não me ajudaram em nada, trabalho em uma área que não gosto muito, por isso estou me programando pra fazer mais uma faculdade ano que vem, totalmente diferente de tudo que já fiz, mas que acredito vou amar!! Tomara, né?? Boa sorte pra vcs e bom retorno ao trabalho! 🙂

  26. Ai ai…vc é uma figura!
    Meu noivo fica deprimido em voltar a trabalhar…pra mim tanto faz, agora que estou desempregada…opa, de férias, vejo como é ruim ter todo o tempo do mundo…me sinto inútil! rs
    Mas é a vida, estou me dedicando aos estudos, já que, acredite, as coisas em casa acabam de ser feitas algum dia! kkkk

    bjooooooo
    Paty

    • Paty, Tenho uma amiga que saiu do trabalho pra fazer a facul e me disse a mesma coisa, que nao aguenta mais ficar em casa enquanto ve todo mundo trabalhando.Como estou numa situacao diferente, fico achando que eu bem que me adaptaria… kkkkkkAproveite seu tempo que em breve suas ferias acabam! Beijocas

      Obrigada, Juliana https://diasadois.wordpress.com

      > Date: Wed, 15 Aug 2012 03:28:45 +0000 > To: dias.adois@hotmail.com >

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s