Como NÃO Fazer uma Cortina Romana

Depois de algum tempo usando as persianas da cozinha, daquelas baratinhas mesmo, veio a hora de trocar. Com tanto abre e fecha, as paletas das persianas estragaram, ela amarelou, enfim, ossos do ofício.

IMG_6603

Aí eu tive uma idéia genial: por que não aproveitar a armação antiga da persiana e montar uma cortina romana?! Caraca que gênio que eu sou! Vamos ao passo-a-passo desse projeto incrível:

 1-     Meça o espaço várias vezes e mesmo assim corte o tecido errado.

2-  Vá ao centro da cidade comprar mais tecido, porque o primeiro estragou, e aproveite suas horas no engarrafamento em pleno sábado!

3-   Gaste 3 noites costurando a cortina, afinal, você não é profissional e tem que fazer com muito cuidado e dedicação.

4-     Volte ao centro pra comprar as argolinhas pra parte de trás, que você esqueceu.

5-     Gaste 30 minutos tentando explicar na loja o que você precisa e volte pra casa com argolas de sutiã.

6-     Convença seu marido a arrancar a persiana.

IMG_6607

7-     Desmonte a persiana e mantenha apenas as cordas principais.

IMG_6609

IMG_6610

8-     Cole velcro na parte que sobrou da persiana a costure a outra parte na cortina. Monte a cortina.

9-     Leve uma surra pra abrir a cortina romana, porque a &¨%$$# da cordinha não funciona direito assim.

10-  Dê um passo atrás e olhe que merda fica a cortina aberta.

IMG_6613

11-  Leve uma surra pra fechar a cortina e agüente seu marido debochando da sua cara, falando que ficou “linda”.

IMG_6615

12-  De outro passo pra trás e tente se decidir se a cortina fica pior aberta ou fechada.

IMG_6614

IMG_6617

13-  Passe os próximos dias soltando um palavrão toda vez que você passar pela *(*¨&¨%$ da cortina!

14- Desista da ideia, arranque a &¨%$$*()¨¨%$# de cortina e jogue tudo fora.

15- Compre uma cortina pronta!

persiana

Olha, há muito tempo que eu não ficava tão frustrada com um projeto… E sabe o pior?! Esta porcaria ficou assim por um bom tempo… e a vergonha na hora de receber visita?! Já apontava logo pro bar… kkkkkkk

Aí fomos na Leroy pra comprar uma cortina rolô, tipo Black out. Não conseguimos os tamanhos que precisamos, então acabamos não comprando. Mas era dessa aqui que eu queria:

cortina rolô

Foi até bom, porque depois encontrei no Mercado Livre persianas sob encomenda,  com um preço melhor inclusive. Comprei da Interlight, caso queiram referência.

Então é isso, projetos que dão errado fazem parte do processo. Reclamar deles também…kkkk. E aí, alguém mais frustrado com um projeto por aí?!

Anúncios

Faça Você Mesmo: Cavalete pra Mesa

Eiiiii… mais uma vez fiquei um tempo sem aparecer, né?! Mas precisei mesmo de um tempo pra me dedicar ao trabalho e a facul, que ficou em segundo plano nesse período, mas que tive que correr muito atrás para não perder em nenhuma matéria. Ainda estou esperando o resultado de algumas provas, mas estou bastante otimista!

Enquanto isso, vamos retomar o ritmo do blog?! Temos muitos projetos em andamento aqui em casa, nenhum concluído, mas acho que vocês não irão se importar se mostrarmos assim mesmo, não é?!

Então, sem mais delongas, vamos direto a tentativa de PAP. Tentativa porque o negócio é tão fácil, que nem nos preocupamos muito com os detalhes. Aqui em casa resolvemos aproveitar uns pedaços de madeira: um que encontramos na rua e outro que tínhamos por aqui. Aparentemente elas estavam horríveis…

1

Mas sabe, de vez em quando precisamos olhar com outros olhos pras coisas… e vocês vão ver no final que valeu a pena… mas enfim, cortamos a madeira…

a

2

E terminamos com o seguinte:

8 peças 75cm x4 cm x 2 cm chanfradas

2 peças 65 cm x 5,5 cm x 3 cm

2 peças 55 cm x 5 cm x 2 cm

4 peças no maior tamanho: 39 cm no menor 36 cm x 5 cm x 2 cm

3

Não sei se perceberam, mas algumas estavam cortadas assim:

4

Isso nós cortamos montando como se fosse um quebra-cabeça, a gente ia montando, e riscando o que deveria ser cortado…

5

7

A mesma coisa para a parte de cima… prendemos como ficaria depois de montado…

8

… e usamos um pedacinho como molde…

9

… riscamos o que precisava ser cortado…

10

11

… e cortamos com a serrinha mesmo… fácil assim!

12

13

E foi dessa forma que cortamos todas as que precisávamos.

14

O mesmo princípio usamos pra marcar todos os furos que fizemos com a furadeira, pra depois colocarmos os parafusos.

15

Com tudo cortado e já furado, foi só montar. Primeiro a parte de cima…

16

…depois, a parte debaixo. Nessa hora, se tiver alguma folga, aproveite pra consertar…

17

Terminamos de montar já no escritório.

18

Não envernizamos ou pintamos, porque na verdade ainda não nos decidimos… por enquanto está sem nada, e vamos deixar pra terminar só quando as paredes do escritório estiverem pintadas. Então por enquanto, temos esse depois…

19

Ainda não está bonito, mas garanto que irá ficar.

20

Quanto ao tampão, é de vidro temperado de 8mm. E agora chegamos em um detalhe que quero reforçar: a necessidade de pesquisar preço. Mas gente, pesquisar com vontade, e chorar desconto, sem medo de ser feliz! E daí que liguei pra 8 lojas diferentes. E daí que o preço variou de R$280,00 a R$150,oo, que foi o preço que consegui com pagamento a vista em dinheiro!

Antes de fazermos esses cavaletes, eu pesquisei o preço de mesas já prontas, e a mais barata que encontrei na época foi de R$300, e mesmo assim, nada do meu gosto. Aí fui ver cavaletes prontos… nem acreditei nos preços! E a madeira?! De qualidade inferior! Aqui em casa usamos madeira de primeira (ipê), e como custou ZERO, esse foi o valor total da nossa mesa: R$150,00… com o tamanho exato que eu queria, e ainda a possibilidade de ter um acabamento na cor que eu quiser! Uhuuuuu… isso sim é negócio!

Então, ainda não está bonita, mas está sendo mega últil! Aliás, teve um post em que algumas meninas me perguntaram que mesa era essa (entre elas a Iara) que não conheciam… Então, é essa aí…rsrsrs. Vergonhoso, mas tenho que confessar: ela fez um ano em maio! E continua sem verniz, sem tinta, sem nada… vida real, fazer o que né?!

Bem, as coisinhas que começamos a mexer não param por aí, mas isso é assunto para outros posts…

Então, me digam, vai valer ou não a pena, quando ela estiver prontinha e toda arrumadinha?! E o preço final então?! E o que acham, continuamos a mostrar os projetos em andamento, mesmo que não estejam terminados?

Pequenas Coisas

Nossa, a semana praticamente acabou! Amanhã é quinta, com cara de sexta. E vamos ter dois sábados! Uhuuu… Assim que contabilizo nossos feriados prolongados…hehehe

Namorido e eu temos altos planos pra esse fds. Pretendemos trabalhar pesado no sistema de segurança e se der tempo, tirar da nossa lista pequenas tarefas, como a modificação que fizemos no rack alguns meses atrás, e que eu me esqueci de postar a respeito. A sorte é que nada escapa aos olhos de vocês…hehehehe.

Então, desde que fizemos o rack e começamos a usar, percebemos que a posição das tomadas não colaborou pro visual clean que queríamos. Então acrescentamos à nossa lista de tarefas o item “esconder fios da tv”. Estão vendo eles ali do lado direito?!

Esse item estava pendente há tempos, mas quando reviramos o lixo recuperamos um pedaço de MDF jogado num terreno baldio aqui perto de casa, como contamos aqui, vimos a oportunidade ideal pra riscarmos esse item da lista, não só por causa do MDF que sobrou, mas também por causa da fita que sobrou das prateleiras… (obs: esta TV não nos pertence mais! rsrsrs)

Então cortamos um pedaço de mdf pra encaixar no quadrado do rack e predemos pela parte de trás com essa pecinha:

Na parte da frente, pra dar acabamento, usamos em volta as fitas (que você pode ler como se usa aqui) .

Os fios passam por baixo disso tudo. Como? Pelo espaço que deixamos na parte debaixo, que fica disfarçado atrás do aparelho da sky:

E o resultado é esse aqui:

Nada mal né?! Esse fio que sobrou ali é da tv e como é emprestada (parece a mesma, mas não é… sninf), vai ficar assim pendurado. Quando comprarmos a nossa, ele vai ficar escondidinho por detrás do móvel.

Ah, eu tô muito feliz, porque detalhista que sou, só via os  fios pendurados…rsrsrs. Acho que se o nosso vizinho soubesse que dá pra aproveitar MDF assim, nunca teria jogado fora!

O projeto foi rápido, o post que demorou… fizemos isso em abril, e olha só quando estou postando! Affff… Mas isso é apenas uma coisa de muitas que estão atrasadas: projetos enviados por leitores, fotos do carnaval, fotos do feriado, fotos das férias e por aí vai…

Mas enfim, conseguiram notar a diferença? Viram como fica muito melhor com os fios escondidos? Estão também com aquela lâmpada pra trocar, ou aquele buraquinho de prego pra disfarçar em casa e ficam enrolando? Que tal aproveitarem o feriado?!

Faça Você Mesmo: Prateleiras + Papel de Parede II= Hall Terminado!

Gente, morri de rir com vocês me xingando…kkkk. Meninas, não foi de propósito, mas ia ficar muita coisa pra um post só… vcs vão ver!

Bem, depois que vocês viram a trabalheira que tivemos na primeira parte (foram três demãos de tinta numa altura bem desconfortável), com o papel de parede já no lugar, chegou a hora da montagem das prateleiras.

Como algumas meninas já perguntaram, usamos dois rolos de papel da Bobinex e acho que custaram cerca de R$75,00 cada (não tenho certeza, faz muito tempo). Deu e sobrou, mas um rolo só não dava pra tudo.

Colocamos as bases (pintamos de branco antes) e fomos felizes instalar as prateleiras que cortamos sob medida na Leroy Merlim. Aí que vimos que as prateleiras eram sob medidas pro meio do nicho… não pra parte de baixo e de cima dele… apenas uma prateleira serviu… as demais ficaram ou maiores ou menores.

As maiores, tudo bem era só cortar um pouco, mas o que fazer com as menores?! E quando digo menores, estou dizendo bem menores, a ponto de perderem o apoio.

Onde encontramos a solução?! No lixo do vizinho! kkkk É, nós somos esse tipo de vizinhos!!! kkk Namorido achou um pedaço de MDF jogado no meio do entulho em um terreno abandonado, exatamente o que a gente precisava!

1- O MDF foi cortado no tamanho exato dos apoios já instalados na parede,
2- Foram furados pra colocar o prego,
3- Pro prego não ficar sobrando e atrapalhando o acabamento, Namorido escolheu uma broca quase que do mesmo tamanho da cabeça dele,
4- Com a broca foi feito um furo pra cada parafuso, só o suficiente pra que a cabeça fique acomodada,
5- Agora com o prego ficando na mesma direção da madeira, o acabamento fica perfeito,
6 – Todas as madeiras receberam o mesmo tratamento,
7- As novas bases foram fixadas nas anteriores que já estavam nos seus devidos lugares.

Uma vez as bases no lugar, hora de acrescentar os enxertos. Perceberam que com o segundo pedaço de madeira, a prateleira ganhou apoio?!

Outra madeira que colocamos, foi um acabamento na frente, que foi colado a prateleira. Isso deixa o aspecto mais encorpado sem que precise gastar o dobro de MDF pra fazer uma prateleira dobrada. Muito mais econômico!

Olhem a diferença da primeira prateleira que ainda não recebeu acabamento pras demais… viu como fica outra coisa uma prateleira mais grossa?!

Os enxertos foram colados no lugar e aí foi a hora de passar a fita de acabamento. A fita é colada assim: passe cola na fita e espere secar por cerca de 15 minutos. Passe cola também na madeira, aí é só colocar no lugar.

Fizemos isso com todas as prateleiras… olha como ela foi se transformando…

Acabadas, ficam assim:

As fitas também foram usadas pra dar acabamento nas bases de apoio… olha só como fica bom! E pra concluir, passamos massa de madeira pra dar o toque final. Ficou bom, não?!

Enquanto dávamos acabamento nessa parte, fomos cuidar do acabamento do resto do hall. Pra ele, colamos rodapé Santa Luzia exatamente na junção do papel e da tinta usando prego líquido, e apoiamos com pedaços de madeira enquanto secavam.

E aí, querem ver o resultado depois de tanto trabalho? Não temos muitas fotos boas do antes, mas achei algumas:

ANTES – Assim que nos mudamos e tínhamos um “gato” enquanto fazíamos a instalação elétrica (nós mesmos fizemos com a ajuda de um amigão!), que envolveu muita quebra de parede por causa de conduítes entupidos…

DURANTE – Quando a parte principal da obra tinha passado e por um tempo essa parte era usada como depósito (nos últimos 10 meses estava vazia, mas não tínhamos foto)…

DEPOIS – Prateleiras+Papel de Parede+Pintura

E olhem como colando o papel bem pertinho as emendas ficam imperceptíveis…

… e quando saímos do quarto, temos essa visão… ai, ai…

 E olha ali o acabamento usando rodapé Santa Luzia…

e tudo termina na mesma linha, pra ficar harmônico…

… como o pé direito é alto, resolvemos arriscar no chumbo sem nos preocupar em achatar o ambiente…

E se estão se perguntando se a diferença é tanta assim, olhem o ANTES, quando nos  mudamos…

…e o DEPOIS

Bem diferente, não?!

E mais um pouquinho dos detalhes… depois de tanto trabalho, acho que merecemos muitas fotos do depois, não?! hehehe

Adoramos a combinação de cores, o cinza claro, o branco, o chumbo contrastando… e como tudo trabalha bem junto com o lustre…

O projeto levou duas semanas pra ser concluído, sendo que trabalhamos muitas horas nos fds e algumas durante as noites. Difícil?! Não, trabalhoso… muito! Mas achamos que valeu a pena…

Mas e vocês, o que acharam? Gostaram do resultado? Acham que valeu a pena o trabalho? Quem acha que o papel de parede pode mudar completamente o visual da casa? Esperamos que tenham gostado e que pra vocês tenha valido a pena esperar o resultado assim como valeu pra gente!